Páginas

30 de maio de 2004

Criador de Porcos


Era uma vez um homem que era criador de porcos, mas só tinha porcas e não havia maneira de arranjar porco para as emprenhar. Então decidiu pedir conselho a um veterinário, que lhe explicou que o único meio seria fazer uma
inseminação artificial. O homem era tão inocente que não fazia ideia do que isso era, e disse que ia para casa pensar no assunto.
Uns dias mais tarde decide ir ao veterinário perguntar como sabia se as porcas estavam prenhas ou não e este respondeu-lhe que a única maneira de isso se confirmar era que, quando as porcas emprenham sem porco chafurdam na lama em vez de ficarem de pé.
O homem foi para casa e pensou que fazer uma inseminação artificial devia ser muito caro, decidindo ser ele a emprenhá-las. Pega nas porcas, mete-as no camião, leva-as para o monte e aviou-as uma por uma. Veio embora um pouco cansado e deitou-se.
No dia seguinte de manhã levanta-se e vai espreitar as porcas, mas estas estavam de pé e paradas. Então pega nelas outra vez, mete-as no camião, leva-as para o monte e avia-as a todas de novo.
No dia seguinte as porcas continuavam de pé. Ele enerva-se tanto que torna a levar as porcas para o monte e aviou-as duas vezes a cada uma, chegando a casa tão exausto que no dia seguinte não tem forças para se levantar, então pede à mulher:
- Vai espreitar à janela e diz-me se as porcas estão na lama de pé ou a chafurdar.
- Olha, nem de pé nem na lama, estão todas dentro do camião e uma delas até está a tocar à buzina!

Sem comentários: