Páginas

10 de julho de 2004

Presidente da CE: Uma Honra???


Não sei se este é o processo, mas se for verdade, realmente é uma honra...

Vejamos o processo de nomeação do futuro presidente da UE:

1.- A UE tem 25 Estados membros. Mas como desses apenas 12 participam em todas as politicas da UE, o presidente da Comissão Europeia só pode ser escolhido entre 12 e não entre 25.

2.- Desses 12 Estados membros há 3 (França, Itália, Bélgica) que são excluidos pois já tiveram um presidente da comissão no passado. Ficam apenas 9.

3.- Desses 9 Países há 5 (Alemanha, Espanha, Holanda, Irlanda, Grécia) que ficam excluídos à partida pois já detêm cargos de relevância na UE. Ficam
4 Países.

4.- Dos 4 Países que ficam, foi convidado oficialmente o primeiro ministro do Luxemburgo, que recusou o cargo alegando que tem um compromisso com o
eleitorado do Luxemburgo. Ficam portanto três Países: Austria, Finlândia e Portugal.

5.- Uma das imposições para se ser presidente da comissão europeia é falar Inglês e Francês. Ora mais de 99% dos Austriacos e dos Finlândeses não
sabem falar Francês e Inglês. Restava pois Portugal. Como de costume no último lugar e por exclusão de partes.

Sem comentários: