Páginas

19 de agosto de 2004

Carta a Deus

Um dia, nos correios, os carteiros ao separar as cartas para envio depararam com uma delas endereçada a DEUS, e um dos carteiros disse: Como vamos mandá-la para o céu? Já sei, disse outro, vamos abrir a carta e vamos ver se conseguimos ajudar. A carta era de um menino que pedia o seguinte: "Senhor Deus, meu pai está desempregado, sem dinheiro, e tem de sustentar a minha mãe, a minha irmã e eu. As contas vão aparecendo e o dinheiro não chega. Por favor, mande-nos 50 euros para nos ajudar".
Sentindo muita pena, os carteiros juntaram-se todos e arrecadaram 40 euros. Não conseguiram chegar aos 50 euros, mas mesmo assim, mandaram a carta de volta para o menino, com os 40 euros. Na outra semana, o menino mandou mais uma carta para o correio e os carteiros decidiram logo ler os agradecimentos: "Muito obrigado Pai do Céu. Rezarei durante várias noites para agradecer o dinheiro que nos enviaste, mas para a próxima vez, mande um cheque, porque os filhos da pu * ta dos carteiros já roubaram 10 euros...".


2 comentários:

Anónimo disse...

ta bue fixe!!!!!!!!!!

Domingos Moreira disse...

Não quero que os carteiros se sintam melindrados com esta anedota. Até acho que foram MUITO injustiçados, neste caso...