Páginas

15 de novembro de 2004

Uma professora na cidade do Porto


Uma professora da primeira classe de uma Escola do Porto, explica para a classe que ela é uma Portista fanática.
Ela pede às crianças da sala que levantem as mãos, caso também torçam pelo Porto.
Todos na classe, levantaram a mão, excepto a menininha no fundo da sala.
A professora olha com surpresa para a menina e diz:
- Aninhas, por que é que num lebantaste a maum, carago?
- Porque eu num torço pelo Puorto-respondeu ela.
A professora, em estado de choque e com a boca à banda, perguntou:
- Bomhe, se não torces pelo Puorto, torces por quoem?
- Sou do Benfca, o melhor clube do moundo, e tenho orgulho disso.
Respondeu a menina.
A professora não acreditava no que os seus delicados ouvidos Portistas ouviam.
- Aninhas, que mal fizeste tue para torceres pelo Benfica, minha filha?
- A minha mãe é do Benfica, o meu pai taumbém, o meu irmão taumbém, os meus avós taumbém, por isso souhe Benfiquista! - disse cheia de si...

- Bomhe!!!- disse sem a menor paciência a professora.
- Isso num é motibo para ser do Benfica, canudo. Não tens que sier sempre do que os teus pais saum, carago!
Atãoum, oube lá, se a tua mãe fosse uma pu *** , o teu pai um cabraum, e teu irmaum um pan *** , o que serias tu entaum???

- É lógico que seria do FUTEBUOL CLUBE DU PUORTO.

Sem comentários: