Páginas

4 de fevereiro de 2006

Divorcio por Carta

"Querido,


Estou a escrever esta carta para dizer que te vou deixar para sempre.

Fui uma boa mulher para ti durante sete anos e não tenho nada a provar.

As duas semanas passadas foram um inferno, o teu chefe chamou-me para dizer que te tinhas demitido e isto foi a última gota.

Na semana passada, chegaste a casa e não notaste que eu tinha um novo penteado e tinha ido à manicura.

Cozinhei a tua refeição preferida e até usei uma nova lingerie. Chegaste a casa, comeste em dois minutos e foste dormir depois de ver o jogo.

Não me dizes que me amas, nunca mais fizemos sexo.

Ou me estás a enganar ou já não me amas mais, seja qual for o caso, vou-te deixar.

P.S - Se me quiseres encontrar, desiste. O teu IRMÃO e eu vamos viajar para as Bahamas e casar!

A tua Ex-mulher"





***********************************




"Querida ex-mulher,

Nada me fez mais feliz do que ler a tua carta.



É verdade que estivemos casados durante sete anos, mas dizeres que foste uma boa mulher é exagerar.

Vejo futebol para tentar não te ouvir a resmungar a toda a hora. Assim não valia a pena.

Realmente reparei que tinhas um novo penteado na semana passada, a primeira coisa que me veio à cabeça foi "Pareces um homem!". Mas a minha mãe sempre me disse para não dizer nada que não fosse bonito.

Quando cozinhaste a minha refeição preferida, deves ter confundido com a do MEU IRMÃO, porque deixei de comer porco há sete anos.

Fui dormir porque reparei que a lingerie ainda tinha a etiqueta do preço. Rezei que fosse uma coincidência o meu irmão ter-me pedido emprestado 50EUR e a lingerie ter custado 49.99 EUR.

Depois de tudo disto, eu ainda te amava e senti que podíamos resolver os nossos problemas.

Assim quando descobri que eu tinha ganho o Euromilhões, deixei o meu emprego e comprei dois bilhetes de avião para a Jamaica. Mas quando cheguei a casa já tinhas ido.



Tudo acontece por alguma razão. Espero que tenhas a vida que sempre sonhaste. O meu advogado disse-me que devido à carta que escreveste, não vais ter direito a nada. Portanto cuida-te.

P.S. - Não sei se eu alguma vez te disse isto mas o Carlos, o meu irmão, nasceu Carla. Espero que isto não seja um problema.


Assinado:


Milionário e Solteiro"

Moral da história: Todos os acontecimentos têm uma explicação!

1 comentário:

Anónimo disse...

muito bem