Páginas

1 de março de 2006

Xiribiri...

O José já namorava há 5 anos com a Maria, uma morena de corpo escultural, rabinho perfeito, peito delicioso e, olhando para ela, tinha simplesmente as medidas perfeitas de uma deusa grega.

Só tinha um problema: Até hoje, Maria pura e simplesmente não dava baldas, a não ser uns apalpões.

Um dia, estavam os dois na boa no sofá, mexendo ali e mexendo aqui... quando José começa a tirar a blusa à Maria.

Tira também a saia da sua amada... mas quando começava a achar que finalmente iria "acontecer", Maria avisou logo:

- José, eu sou uma mulher de família, só vou "coisar" contigo depois de casarmos. Depois, eu até faço XIRIBIRI contigo.

José, sem entender o que era XIRIBIRI, levantou-se, saiu e foi então para casa da Joana, uma loirinha linda que era um caso antigo dele e que era daquelas altamente liberais.

Ao chegar, José não pensou duas vezes e foi logo para cima dela.

Depois de várias posições e jeitos ele não pensou duas vezes e pediu:

- Joana, não achas que já estamos sem muitas ideias para as nossas quecas ???

- Também acho, Morzinho.

- Então, não poderiamos fazer um XIRIBIRI?

Joana ficou branca e gritou logo:

- QUEM PENSAS TU QUE EU SOU ???? POSSO SER TUA AMANTE, FAZER TODO O TIPO DE COISAS, MAS ACHAS QUE EU SOU DESSAS QUE XIRIBIRI ?!?!?!?!

Pôs o José imediatamente porta fora, que saiu atrapalhado, corado com a vergonha.

A solução seria ir a uma casa de putas.

De noite, ao chegar lá, viu umas e outras e estando preparado para gastar uns cobres foi logo ter com a putinha mais linda, uma loirinha de fazer parar o trânsito.

Ao chegar ao quarto não deu hipótese, foi directo ao assunto:

- Então, fazes realmente tudo????

- Claro, estou aqui para te dar prazer, fofinho!!!!

- Qualquer coisa mesmo??

- Já disse que faço de tudo para ganhar dinheiro.

- Então vá, tal começarmos por um XIRIBIRI?

Sem pensar, a puta alça da mão e prega-lhe um estaladão na cara e grita:

- SEU DESAVERGONHADO, SOU PUTA MAS NÃO SOU QUALQUER UMA! QUEM PENSAS TU QUE EU SOU...?

A puta continuava o seu discurso, enquanto fora do quarto toda a gente ouvia os berros.

Sem perceber o que se passava, o chulo invade o quarto e pergunta:

- O que é que está a acontecer aqui???

- Amigo, eu só perguntei se ela fazia tudo...(respondeu José).

- Aqui todas fazem de tudo!

- Mas quando lhe pedi para ela fazer XIRIBIRI ela enlouq....

Sem deixar o José acabar de falar, o chulo saca dum revólver e berra:

- ISTO AQUI É UMA CASA DE PUTAS, MAS AS MINHAS MENINAS NÃO SÃO DESSE TIPO, SAIA JÁ DAQUI, SEU F...O D. P..A!!! SENÃO FURO-TE O CORPO TODO!!!

Então, José foi logo para casa da Maria, e ao chegar disse:

- Maria, casa comigo agora, já, por favor.

José não aguentava mais ficar sem saber o que era XIRIBIRI.

Dois dias depois eles casaram.

Foram de~lua de mel, mas no caminho tiveram um acidente e Maria morre.

José, então, chora de raiva pois agora nunca saberia o que era XIRIBIRI...

Se ele não soube, eu também não sei...

Recebi esta por e-mail hoje e quiz publicá-la no Anedotas.com.pt que vocês ficassem TÃO LIXADOS como eu, que perdi um tempo do caraças a ler isto e não descobri o que é essa merda do XIRIBIRI.

2 comentários:

Anónimo disse...

inventa quaqlquer coisa para eu engolir a minha curiosidade

Anónimo disse...

isso da a impessao k e "se vire" ...