Páginas

22 de junho de 2006

Revistas Instrutivas

Frases retiradas de revistas femininas das décadas de 50 e 60:

Não se deve irritar o homem com ciúmes e dúvidas.

(Jornal das Moças, 1957)


Se desconfiar da infidelidade do marido, a esposa deve redobrar seu carinho e provas de afeto, sem questioná-lo.

(Revista Claudia, 1962)


A desordem em um banheiro desperta no marido a vontade de ir tomar banho fora de casa.

(Jornal das Moças, 1965)


A mulher deve fazer o marido descansar nas horas vagas, servindo-lhe uma cerveja bem gelada. Nada de incomodá-lo com serviços ou notícias domésticas.

(Jornal das Moças, 1959)


A mulher deve estar ciente que dificilmente um homem pode perdoar uma mulher por não ter resistido às experiências pré-núpciais, mostrando que era perfeita e única, exatamente como ele a idealizara.

(Revista Claudia,1962)


Mesmo que um homem consiga divertir-se com sua namorada ou noiva, na verdade ele não irá gostar de ver que ela cedeu.

(Revista Querida,1954)


O noivado longo é um perigo, mas nunca sugira o matrimónio. ELE é quem decide - sempre.

(Revista Querida, 1953)


Sempre que o homem sair com os amigos e voltar tarde da noite, espere-o linda, cheirosa e dócil.

(Jornal das Moças, 1958)


* É fundamental manter sempre a aparência impecável diante
do marido. (Jornal das Moças, 1957)

E para finalizar . . .

O lugar de mulher é no lar. O trabalho fora de casa masculiniza.

(Revista Querida, 1955)


CONCLUSÃO:

Já não se fazem mais revistas instrutivas e sérias como antigamente...

8 comentários:

faty disse...

Vao sonhando...machistas empedrenidos....queriam...

Ana disse...

Completamente machista

Mariana disse...

Machista estúpido

Mary_lucifer disse...

Pois... a descoberta do fogo tambem lixou a vida a muitos animais.rsrsrs

Anónimo disse...

machista demais ....pensamentos arquicos.... e so mesmos os homems portugueses e que pensam assim, veem a mulher como uma peca de movel adquirido, por um preco barato e em conta, com as maiores funcoes.

Molybutty disse...

Dxclp la, mas esses artigos machistas ficam-vos muito mal. já que querem alguem que vos espere em casa, faça sexo, faça o jantar e nunca reclame, contratem a avozinha que é do tempo em que as mulheres tinham de ceder a todos os caprichos do homem. No entanto, portugal não tem religioes como outros paises têm que por exemplo, há um pais na asia em que atiram acido sulfurico a cara da mulher quando ela desobedece ao homem.

joh disse...

eu acho que eh 1post mto... va... diferente... da para ver a mudança radical de opiniao i comparar com o tempo das nossas avos i maes... o mundo ja foi muito mais triste!!

nao acho nada machista ter postado este artigo... se por acaso o escritor do blog fosse 1a Maria as pessoas achavam k era propaganda à emancipaçao da mulher!

keep on the good work

Domingos Moreira disse...

Obrigado pela força! Não há machismos. Há apenas vontade de dar umas piadas e rir um pouco com as situações da vida...