Páginas

5 de fevereiro de 2007

Alberto Joao Jardim Morreu

Um dia Alberto João Jardim morreu.

Houve uma reunião no Funchal para decidir onde ele seria enterrado.

Um secretário regional sugeriu:

- Deve ser enterrado no Funchal. Afinal, aqui é a sua cidade natal.

Então, um bêbado, que não se sabe como entrou na reunião, disse com aquela entoação típica dos bêbados:

- No Funchal pode... Só não pode em Jerusalém!!!

Como estava bêbado, ninguém ligou nenhum ao que ele disse.

Um segundo secretário regional disse:

- Acho que deve ser no Funchal, mas na freguesia de São Pedro onde ele viveu e fez sua carreira política.

O bêbado mais uma vez interveio:

- Em São Pedro pode... Só não pode em Jerusalém!! !

Novamente, ninguém lhe deu ouvidos.

Um terceiro secretário regional finalmente sugeriu:

- Funchal, não! Deve ser enterrado em Lisboa, pois era Presidente de um Governo Regional e todos os presidentes devem ser enterrados na Capital!

E o bêbado novamente:

- Em Lisboa pode... Só não pode em Jerusalém!!!

Perderam a paciência com o gajo:

- Por que razão tem medo que o Alberto João seja enterrado em Jerusalém?

E o bêbado respondeu:

- Porque uma vez enterraram um gajo importante lá, e ele RESSUSCITOU !!!!!

2 comentários:

Anónimo disse...

Tá mt fixe, e engraçado.

Ariana disse...

ya, também espero k o alberto joao jardim n seja enterrado em jerusalem. ou ainda teriamos de aturar com a múmia de novo loooll