Páginas

17 de outubro de 2007

Varias Anedotas

O marido chega a casa vindo do hospital, onde visitou a sua sogra.
A sua mulher pergunta:
- Como está a minha mãe?
O marido responde:
- A tua mãe está muito bem, saudável como um cavalo e ainda viverá por muito tempo. Na semana que vem ela vai receber alta do hospital e virá morar connosco por muitos e muitos anos. A mulher, surpresa, pergunta:
- Como pode ser? Ainda ontem ela parecia estar no leito de morte e a equipa médica dizia que ela deveria ter poucos dias de vida!?O marido responde:
- Eu não sei como estava ontem, mas hoje, quando perguntei ao médico o estado da tua mãe, ele respondeu-me que deveríamos preparar-nos para o pior...

********************

O dono da festa já estava irritado com o número de penetras. Num determinado momento pediu silêncio a todos e anunciou um acontecimento especial:
- Peço aos convidados do noivo que se coloquem à minha direita.... Um monte de gente ainda mastigando as empadinhas se dirigiu à direita.
- E agora eu peço que os convidados da noiva se dirijam à minha esquerda. Mais uma multidão se locomoveu com seus copos e salgadinhos para a esquerda.
Feito isto, o dono da festa anunciou:
- Agora peço aos convidados à minha direita e à minha esquerda que se ponham daqui para fora, pois isto aqui é um baptizado!

********************

Um miúdo índio perguntava ao pai:
- Por que é que os nomes dos índios são diferentes dos das outras pessoas?
- Sabes, na nossa raça damos os nomes às crianças consoante determinados acontecimentos. Tua irmã que nasceu numa noite de Lua Nova, chama-se Lua Nova, teu irmão chama-se Cavalo Sentado porque quando nasceu estava um cavalo sentado à porta da nossa tenda. Percebeste, Preservativo Rôto?

********************

Uma família está a viajar de carro quando um sapo se atravessa no caminho. O marido, que está a conduzir o carro pára e põe o sapo na berma da estrada.
O sapo mostra-se agradecido e diz ao homem que lhe vai conceder um desejo.
O homem diz: "Faz com que o meu cão ganhe a próxima corrida de cães. "O sapo pede para ver o cão e quando repara que este apenas tem três patas diz ao homem que será quase impossível fazê-lo ganhar a corrida. Pede então ao homem para formular outro desejo. O homem diz: "Então faz a minha mulher ganhar o próximo concurso de beleza da área". O sapo pede para ver a mulher. A mulher sai do carro e aproxima-se do sapo. O sapo vira-se para o homem e diz-lhe "Será que eu podia ver o cão outra vez?"

********************

Um homem está numa visita guiada a uma fábrica onde se fazem vários produtos em látex. Na primeira paragem, mostram-lhe uma máquina que fabrica chupetas para biberões. A máquina faz um barulho característico, uma espécie de "hiss-pop", bastante alto.
"O ruído 'hiss' é a borracha a ser injectada no molde," explica o guia.
"O ruído 'pop' é uma agulha a fazer um buraco na ponta da chupeta."
Mais adiante, a visita passa pelo sector onde se fabricam preservativos.
A máquina faz um barulho: "Hiss. Hiss. Hiss. Hiss-pop!".
"Espere lá!" diz o visitante, "Percebo o que é o 'hiss, hiss,' mas que é este 'pop!' de vez em quando?".
"Oh, é exactamente o mesmo que o da máquina de fazer as chupetas para biberões," diz o guia.
"É para fazer um buraco de quatro em quatro preservativos."
"Sim, mas isso é não é nada bom para os preservativos!"
"Claro, mas é formidável para o negócio dos biberões!"

Sem comentários: