Páginas

26 de dezembro de 2009

JESUS em HAVANA

JESUS em HAVANA


Fidel Castro recuperou da doença e com muita ajuda lá foi discursar para mais de um milhão de cubanos na praça da revolução quando surgiu uma luz vindo do céu quem se aproximou de Fidel.

Era Jesus Cristo.

Fidel ajoelhou-se e pediu-lhe perdão por ter duvidado da sua existência devido ao Marxismo.

Jesus segredou algo ao ouvido de Fidel que se dirigiu ao microfone disse ao público:

- Camaradas de revolução. Jesus Cristo sempre existe e quer dizer-lhes algo.

Então Jesus pegou no microfone e disse:

- Povo de Cuba, este homem com uma barba igual à minha, não vos deu o pão do conhecimento igual ao meu?

E o povo exclamou:

- Sssiiiiiiiiiiiiiiiiii....

Jesus disse:

- É certo que eu multipliquei o pão para matar a fome aos pobres! Não é verdade que este homem inventou as senhas racionadas para matar a fome dos pobres cubanos?

E o povo lá gritou:

- Sssiiiiiiiiiiiiiiiiii....

Jesus disse:

E não é verdade que este homem construiu hospitais e clínicas para curar os pobres como eu os curei com milagres?

E o povo entusiasmado gritou:

- Sssiiiiiiiiiiiiiiiiii....

Jesus disse:

- E não é verdade que este homem espalhou educação e conhecimento  imposto ao povo, como eduquei os meus apóstolos?

E o povo excitado bramava:

 - Sssiiiiiiiiiiiiiiiiii....

 Jesus disse:

 - E não é verdade que sofreu muitas traições de camaradas de Miami,  como eu sofri a traição de Judas?

 E o povo cada vez mais frenético, lá gritou:

 - Sssiiiiiiiiiiiiiiiiii....

 Então Jesus gritou:
-  Então porque estão à espera para crucificarem este gajo?

Sem comentários: