Páginas

10 de dezembro de 2009

Solidariedade masculina

SOLIDARIEDADE MASCULINA

 
 
Uma mulher está na cama com o amante quando ouve o marido chegar e diz-lhe:

- Depressa, fica de pé e muito quieto ali no canto.

Rapidamente, ela cobriu o corpo do amante com óleo e pó-de-talco e disse-lhe:

- Finge que és uma estátua. Eu vi uma igualzinha na casa dos Fonseca!

Pouco depois, o marido entra e pergunta:

- O que é isto?

E ela, fingindo naturalidade:

- Isto? Ah, é uma estátua. Os Fonseca têm uma no quarto deles. Gostei  tanto que comprei esta igual para nós.

E não se falou mais da estátua.

Às duas da madrugada, a mulher já estava a dormir e o marido ainda a ver televisão. Ele levanta-se, caminha até à cozinha, prepara uma  sanduíche, pega uma latinha de cerveja gelada e volta para o quarto.

Ali, dirige-se para a estátua e diz:

- Toma. Come e bebe alguma coisa, seu filho da puta! Eu fiquei dois dias, que nem um idiota no quarto dos Fonseca e nem um copo de água me deram...!




Sem comentários: