Páginas

24 de junho de 2010

A anedota do dia.

Numa pequena cidade do interior, uma mulher entra numa farmácia e diz ao farmacêutico: 
- Por favor, quero comprar arsénico.
- Mas eu não posso vender isso assim! Qual é a finalidade?
- Matar o meu marido!!!
- Para este fim então, piorou... Não posso vender-lhe!!! 

A mulher abre a bolsa e tira uma fotografia do marido na cama com a mulher do farmacêutico. 
- Ah! bom!... COM RECEITA É OUTRA COISA!!!



Sem comentários: