Páginas

2 de fevereiro de 2012

A Freira


Ia uma Freira a caminho do Convento quando uma loira lhe oferece boleia.

A Freira entra no carro e começa a reparar no seu luxuoso interior:

- Mas que belo carro a Senhora tem! Deve ter trabalhado muito arduamente para o conseguir comprar.

- Olhe Irmã, por acaso não foi bem assim. Foi um industrial com quem dormi durante uns tempos que me ofereceu.

Entretanto, a Freira olha para o banco de trás onde estava pousado um casaco de vison e exclama:

- Oh! O seu casaco de peles é lindo! Deve ter custado uma fortuna.

- Não me custou muito pois bastou-me passar umas quantas noites com um futebolista.

Após ouvir isto, a Freira manteve-se calada durante o resto da viagem.

Ao chegar ao Convento foi para os seus aposentos tomar um revigorante banho.

Estava a Freira na banheira quando ouve alguém a bater à porta do seu quarto.

- Quem é?

- É o Padre António.

- Vai à merda, mais os teus rebuçadinhos de mentol...

Sem comentários: