Páginas

3 de junho de 2004

O filho do Pinto da Costa


O filho do Pinto da Costa vai casar-se e teve comunicar ao pai que ia ser com uma lisboeta. Naturalmente, prevendo a má reacção do pai, foi com panos quentes.
O Pinto da Costa foi compreensivo, mas lá lhe foi dizendo como havia de salvar a honra dos homens do norte no momento certo.
- No dia, bais ter que oferecer à noiba o melhor bestido do melhor costureiro francês para berem que no norte somos requintados e temos bom gosto...
- Bais ter que dar o copo de água no melhor hotel de Lisboa para berem que aqui no norte não olhamos a despesas.
- Quando fores lebá-la para o hotel tens que a lebar ao colo para berem que aqui no norte somos cabalheiros.
O filho vai dizendo pelo meio, sim Papá!
- Quando forem a entrar no quarto deixa-a entrar primeiro para berem que aqui no norte sabemos respeitar as senhoras.
- Depois debes despi-la rápidamente, para eles saberem que os homens do norte são desenrascados e desembaraçados.
- Sim, Papá, e depois?
- Depois masturbas-te para saberem que nós aqui no norte não precisamos deles para nada!

Sem comentários: