Páginas

10 de maio de 2006

Os homens também precisam de desabafar...

Um navio naufraga em alto-mar e os dois únicos sobreviventes, um homem e a Marisa Cruz, conseguem chegar a uma pequena ilha deserta, onde logo se ajeitam para esperar que apareça alguma ajuda. Assim, eles vão vivendo despreocupados comendo o que pescavam e o que colhiam na ilha, dormindo numa cabana de palha. Tinham algumas roupas que chegaram com a maré e, depois de algum tempo, começaram a namorar...;) a vida corria tranquila.

Um dia o homem estava muito acabrunhado e pensativo, e a Marisa Cruz pergunta:

- O que se passa? Pareces insatisfeito ou chateado. Fiz alguma coisa que não gostasses?

- Não, não é nada. É que eu tenho umas vontades aqui comigo e fico envergonhado.

- E é por isso que não falas?

- Pois, é um bocado chato... fico constrangido.

- O que é, alguma fantasia? Algum fetiche?

- É...

- Então fala!

- Tu alinhas?

- Claro, só estamos nós dois aqui na ilha!

- Eu queria que te vestisses de homem.

- De homem?!!!!!

- Sim. Vai lá à cabana, veste umas roupas minhas, prende o cabelo, faz um bigode e, depois, caminha na minha direcção.

- Só isso?

- Só. Vá, despacha-te.

- Está bem.

Quando a Marisa Cruz "homem" se aproxima, o homem chega perto dela, dá-lhe uma pancada amistosa nas costas e grita:

- Ehhh pá! Nem imaginas quem eu ando a comer!!!

Sem comentários: