Páginas

29 de janeiro de 2010

Fotos Muito Loucas!!!!!!!!


27 de janeiro de 2010

A Problemática do frango que atravessou a rua

O PROBLEMA DO FRANGO ATRAVESSAR A RUA, SEGUNDO A OPINIÃO DE ILUSTRES PENSADORES DO PASSADO E DO PRESENTE

O frango atravessou a rua. Porquê?

Professora Primária
"Porque o frango queria chegar ao outro lado da rua."

Criança
"Porque sim."

Platão
"Porque queria alcançar o Bem."

Aristóteles
"Porque é da natureza do frango atravessar a rua."

Descartes
"O frango pensou antes de atravessar a rua, logo, existe."

Rousseau
"O frango por natureza é bom; a sociedade é que o corrompe e o leva atravessar a rua."

Freud
"A preocupação com o facto de o frango ter atravessado a rua é um sintoma de insegurança sexual."

Darwin
"Ao longo dos tempos, os frangos vêm sendo seleccionados de forma natural, de modo que, actualmente, a sua evolução genética fê-los dotados da capacidade de cruzar a rua."

Einstein
"Se o frango atravessou a rua ou se a rua se moveu em direcção ao frango, depende do ponto de vista... Tudo é relativo."

Martin Luther King
"Eu tive um sonho. Vi um mundo no qual todos os frangos livres podem cruzar a rua sem que sejam questionados os seus motivos. O frango sonhou."

George W. Bush
"Sabemos que o frango atravessou a rua para poder dispor do seu arsenal de armas de destruição massiça. Por isso tivemos de eliminar o frango."

Cavaco Silva
"Porque é que atravessou a rua, não é importante. O que o país precisa de saber é que, comigo, o frango vai dispor de uma conjuntura favorável. Não colocarei entraves para o frango atravessar a rua."

José Sócrates
"O meu governo foi o que construiu mais passadeiras para frangos. Quando for reeleito, vou construir galinheiros de cada lado da rua para os frangos não terem de a atravessar. Cada frango terá um documento único de identificaçãoo e será avaliado e tributado de acordo com a sua falta de capacidade para atravessar a rua."

Mário Soares
"Já disse ao frango para desistir de atravessar a rua! Eu é que vou atravessar! Não vou desistir porque sei que os portugueses querem que eu atravesse outra vez a rua!!!"

Manuel Alegre
"O frango é livre, é lindo, uma coisa assim... com penas! Ele atravessou, atravessa e atravessará a rua, porque o vento cala a desgraça, o vento nada lhe diz!"

Jerónimo de Sousa
"A culpa é das elites dominantes, imperialistas e burguesas que pretendem dominar os frangos, usurpar os seus direitos e aniquilar a sua capacidade de atravessar a rua, na conquista de um mundo socialista melhor e mais justo!"

Francisco Louçã
"Porque é preciso dizer olhos nos olhos que só por uma questão racista o frango necessita de atravessar a rua para o outro lado. É uma mesquinhice obrigar o frango a atravessar a rua!"

Valentim Loureiro
"Desafio alguém a provar que o frango atravessou a rua. É mentira...!!! É tudo mentira!!!"

Paulo Bento
"O frango atravessou a rua com tranquilidade... Era isso que esperávamos e foi isso que aconteceu, com muita tranquilidade. O frango ainda é muito jovem e estas coisas pagam-se caro, com tranquilidade!!!"

Zézé Camarinha
"Porque foi ao engate! É um verdadeiro macho, viu uma franga camone do outro lado da rua e já se sabe, não perdoou!!!"

Lili Caneças
"Porque se queria juntar aos outros mamíferos."
 


25 de janeiro de 2010

Já não sou virgem...

Já não sou virgem...



A família jantava tranquilamente quando, de repente, a filha de 12 anos comenta:
-Tenho uma má notícia. Já não sou virgem! Sou uma vaca! E começa a chorar convulsivamente, com as mãos no rosto.

Silêncio sepulcral na mesa! De repente, começam as acusações mútuas:


-Estava-se mesmo a ver! - diz o marido à mulher. É por te vestires como uma p... barata e arregalares o olho ao primeiro imbecil que vês na rua. Claro que isto tinha que acontecer, com o exemplo de mãe que a menina vê todos os dias!

Vai daí o pai aponta também para a outra filha, de 25 anos.
- E tu também, que ficas no sofá a lamber aquele palhaço do teu namorado que tem é pinta de chulo, na frente da menina?

A mãe não aguenta mais e grita: - Ai é?!...E quem é o idiota que gasta metade do ordenado com p... e se despede delas à porta de casa? Ou pensas que eu e as meninas somos cegas? E, ainda por cima, que belo exemplo dás desde que assinas esta maldita TV cabo, passas todos os fins-de-semana a ver pornografia de quinta categoria e depois acabas na casa de banho com gemidos e grunhidos?

Desconsolada e à beira de um colapso, com os olhos cheios de lágrimas e a voz trémula, a mãe pega na mão da filhinha e pergunta-lhe baixinho:

- E como é que isso aconteceu, minha filha?


Entre soluços, a menina responde:
- A professora tirou-me do Presépio! A Virgem agora é a Luísa. Eu vou ser a vaca!!!!

 

 

 





Uso da vírgula: uma questão de português. MUITO BOA!

Uso da vírgula: uma questão de português. MUITO BOA!


  Traiçoeira, a pequena vírgula...


Uma vírgula pode ser uma pausa... ou não.
- Não, espere.
- Não espere.

Ela pode sumir com o seu dinheiro.
- 23,4.
- 2,34.

Pode ser autoritária.
- Aceito, obrigado.
- Aceito obrigado.

Pode criar heróis.
- Isso só, ele resolve.
- Isso só ele resolve.

E vilões.
- Esse, Senhor juiz, é corrupto.
- Esse senhor juiz é corrupto.

Ela pode ser a solução.
- Vamos perder, nada foi resolvido.
- Vamos perder nada, foi resolvido.

A vírgula muda uma opinião.
- Não queremos saber.
- Não, queremos saber.

Uma vírgula muda tudo.

 Um exemplo:

- SE O HOMEM SOUBESSE O VALOR QUE TEM A MULHER ANDARIA DE QUATRO À SUA PROCURA.

         (onde punha a vírgula?)
 

 Se você for mulher, certamente colocou a vírgula depois de MULHER.
 Se você for homem, colocou a vírgula depois de
TEM.


 Errei?

 

"Com um Alentejano não se brinca"

"Com um Alentejano não se brinca"

Um rapaz Alentejano vai trabalhar para um daqueles grandes Hipers na América e ao fim do primeiro dia o chefe pergunta-lhe: 
- Quantas vendas já fizeste? 
- Uma. 
- Uma venda? Isso é muito mau!!! Os meus vendedores normalmente fazem entre 25 a 30 vendas por dia!!! 
Ora diz lá de quanto foi a venda... 
- 757.326,45 DOLLARS 
- O quê?????? Mas afinal o que é que vendeste????? 
- Ora, primeiro vendi ao freguês um anzol pequeno, depois um anzol médio, e a seguir um anzol grande!... 
Com tanto anzol vendi-lhe uma cana de pesca!... Perguntei onde é que ele ia pescar e ele disse para a costa. 
Claro que lhe expliquei que para a costa era melhor ter um barco!!! 
Então levei-o à secção de barcos de recreio e vendi aquele "Silver Esprit" com os dois "outboard" que o gajo até se passou!... 
Conversa puxa conversa e ele disse que o carro dele era um Fiat  Uno... e  eu  disse-lhe  que para puxar o barco ele precisava dum 4x4!!! 
Então fomos direitinhos ao stand e vendi-lhe aquele Range Rover que estava. 
-Muito bem! Deves ser mesmo bom para venderes isso tudo a um gajo que só queria um anzol pequeno!!! 
- Qual anzol qual quê!!! 
- Ele só cá vinha comprar uma caixa de TAMPAX para a mulher... e eu disse-lhe 
"Já que tem o fim-de-semana lixado, mais vale ir à pesca..."
 


 


 

 

 

COMUNICADO do Gabinete do 1.º Ministro

Faz o Governo saber que, até nova ordem, tendo em consideração a actual situação das contas públicas e como medida de contenção de despesas, a luz ao fundo do túnel será desligada.

 

 

 

 

 

 


Objectivos - muito boa

OBJECTIVOS

Era uma vez uma aldeia onde viviam dois Homens que tinham o mesmo nome: Joaquim Gonçalves. Um era sacerdote e o outro, taxista.

Quis o destino que ambos morressem no mesmo dia. Quando chegaram ao céu, São Pedro esperava-os.

- O teu nome?

- Joaquim Gonçalves.

- És o sacerdote?

- Não, o taxista.

São Pedro consulta as suas notas e diz:

- Bom, ganhaste o paraíso. Levas esta túnica com fios de ouro e este ceptro de platina com incrustações de rubis. Podes entrar.


Então, perguntou ao outro:

- O teu nome?

- Joaquim Gonçalves.

- És o sacerdote?

- Sim, sou eu mesmo.

- Muito bem, meu filho, ganhaste o paraíso. Levas esta bata de linho e este ceptro de ferro.

O sacerdote diz:

- Desculpe, mas deve haver engano. Eu sou o Joaquim Gonçalves, o sacerdote!

- Sim, meu filho, ganhaste o paraíso. Levas esta bata de linho e...

- Não pode ser! Eu conheço o outro senhor. Era taxista, vivia na minha aldeia e era um desastre! Subia os passeios, batia com o carro todos os dias, conduzia pessimamente e assustava as pessoas. Nunca mudou, apesar das multas e repreensões policiais. E quanto a mim, passei 75 anos pregando todos os domingos na paróquia. Como é que ele recebe a túnica com fios de ouro e eu... isto?

- Não é nenhum engano - diz São Pedro. - Aqui no céu, estamos a fazer uma gestão mais profissional, como a que vocês fazem lá na Terra.

- Não entendo!

- Eu explico. Agora orientamo-nos por objectivos. É assim: Durante os últimos anos, cada vez que tu pregavas, as pessoas dormiam. E cada vez que ele conduzia o táxi, as pessoas começavam a rezar. Resultados! Percebeste? Gestão por Objectivos! O que interessa são os resultados, a forma de lá chegar é completamente secundária!!!
  

Provérbio árabe

 A simplicidade é um tesouro infinito. Se não podes ter o que queres, contenta-te com o que tens.

p
 
 
 
 
 
 

 




 

 

 


Não é fácil ser Presidente dos Estados Unidos


 









Não é fácil ser Presidente dos Estados Unidos


21 de janeiro de 2010

19 de janeiro de 2010

Sorria

 Sorria 

 

Clique em mim!

  


Isto me deixou sem palavras...



O autor e conferencista Leo Buscaglia certa ocasião falou de um concurso em que tinha sido convidado como jurado.
O objetivo era escolher a criança mais cuidadosa.
Eis alguns dos vencedores:
----------------------------------------------------------------------------
Um garoto de 4 anos tinha um vizinho idoso ao lado, cuja esposa havia falecido recentemente.
Ao vê-lo chorar, o menino foi para o quintal dele, e simplesmente sentou-se em seu colo.
Quando a mãe perguntou a ele o que havia dito ao velhinho, ele respondeu:
- Nada. Só o ajudei a chorar.
----------------------------------------------------------------------------
Os alunos da professora de primeira série Debbie Moon estavam examinando uma foto de família.
Uma das crianças da foto tinha os cabelos de cor bem diferente dos demais. Alguém logo sugeriu que essa criança tivesse sido adotada.
Logo uma menina falou:
- Sei tudo sobre adoção, porque eu fui adotada.
Logo outro aluno perguntou-lhe:
- O que significa "ser adotado"?
- Significa - disse a menina - que você cresceu no coração de sua mãe, e não na barriga!
----------------------------------------------------------------------------
Sempre que estou decepcionado com meu lugar na vida, eu paro e penso no pequeno Jamie Scott.
Jamie estava disputando um papel na peça da escola. Sua mãe me disse que tinha procurado preparar seu coração, mas ela temia que ele não fosse escolhido.
No dia em que os papéis foram escolhidos, eu fui com ela para buscá-lo na escola. Jamie correu para a mãe, com os olhos brilhando de orgulho e emoção:
- Adivinha o que, mãe!
E disse aquelas palavras que continuariam a ser uma lição para mim:
- Eu fui escolhido para bater palmas e espalhar a alegria!
----------------------------------------------------------------------------
Conta uma testemunha ocular de Nova York:
Num frio dia de Dezembro, alguns anos atrás, um rapazinho de cerca de 10 anos, descalço, estava em pé em frente a uma loja de sapatos, olhando a vitrine e tremendo de frio.
Uma senhora se aproximou do rapaz e disse:
- Você está com pensamento tão profundo, olhando essa vitrine!
- Eu estava pedindo a Deus para me dar um par de sapatos - respondeu o garoto....
A senhora tomou-o pela mão, entrou na loja e pediu ao atendente para dar meia dúzia de pares de meias para o menino.  Ela também perguntou se poderia conseguir-lhe uma bacia com água e uma toalha. O balconista rapidamente atendeu-a e ela levou o garoto para a parte detrás da loja e, tirando as luvas, se ajoelhou e lavou seus pés pequenos e secou-os com a toalha.
Nesse meio tempo, o empregado havia trazido as meias. Calçando-as nos pés do garoto, ela também lhe comprou um par de sapatos.
Ela amarrou os outros pares de meias e entregou-lhe.  Deu um tapinha carinhoso em sua cabeça e disse:
- Sem dúvida, vai ser mais confortável agora.
Como ela logo se virou para ir, o garoto segurou-lhe a mão, olhou seu rosto diretamente, com lágrimas nos olhos e perguntou:
- Você é a mulher de Deus?




 


16 de janeiro de 2010

A braguilha do chefe

A secretária percebe que a braguilha do chefe está aberta  e, para não parecer mal-educada, avisa-o de forma subtil:

- Dr. Jorge, o senhor deixou a porta da sua garagem aberta!

Ele fechou a braguilha rapidamente e, apreciando a criatividade da rapariga, perguntou-lhe cheio de malícia:

- Ana, por acaso a menina viu o meu Ferrari vermelho?

- Não, Senhor Doutor! Só vi um Fiat Panda antigo e desbotado, com os dois pneus traseiros carecas e totalmente em baixo!

 




14 de janeiro de 2010

Fama Mundial!!!!

bai buscar carago!!
 

Rio de Janeiro, 2 Janeiro 2010, Praia de Ipanema...
   

...e mai  nada!!!!

 

 


13 de janeiro de 2010

Desejo de grávida

A esposa gravida acorda durante a noite e chama o marido
 - Amor... Amo-or!
 - Hummmm ???!!!
 - Acorda !!
 - Hummm?!
 - Acoorda!!!!
Desorientado e assustado, o marido  levanta-se e pergunta:
 - O que é que aconteceu?!
 - Estou com um desejo desejo...
 - Desejo???
 - Sim... De comer carne de corvo...
 - Corvo???
 - Mas onde é que eu vou arranjar um corvo, agora???
 - Vai ao zoo...
 - Estás maluca!!! não vou agora ao zoo !! vou mas é pintar um frango de preto, e depois comes!!!
 - Não como carne de corvo e talvez ainda te vás arrepender se nosso filho nascer com carinha de corvo.
Passam-se nove meses  e chega o dia do parto e, quando o homem vai ver seu  querido filho , vê que o seu herdeiro é pretinho, mesmo pretinho.
Meio apanhado, cheio de remorso, corre para  casa da  mãe e diz:
 - Mamãe, eu não quis dar carne de corvo a minha mulher quando ela estava grávida e sentiu esse desejo e agora  o meu filho nasceu preto como o corvo!!!
A mãe, bem humorada, consola o filho que está em pranto:
 - Não chores meu filho...Quando eu estava grávida de ti, tive desejo de comer carne de touro, não consegui...e tu nasceste cornudo e só agora é que se nota!!!


Sedução num bar

 Sedução num bar
 
 

Uma mulher lindissima e atraente que está num bar, faz um gesto gracioso para o barman que imediatamente se aproxima. Quando ele chega, ela muito sedutora, começa a acariciar-lhe o cabelo, a barba, passando e repassando os dedos e as mãos vagarosamente pelo seu rosto e pergunta-lhe:

- Você é o proprietário?

- Não! - responde ele.

- Você podia chamá-lo? Preciso falar com ele! - diz ela afagando o cabelo ao barman.

- Acho que não poderei ajudá-la, pois ele não está cá hoje. - diz o barman já profundamente excitado com a situação. - Posso fazer algo por si? - pergunta ele.

- Claro que pode! Preciso que lhe dê um recado - diz ela, massajando-lhe a barba, enfiando-lhe dois dedos na boca e deixando que ele os chupe levemente.

- Diga-lhe que não há papel higiénico, nem sabonete para lavar as mãos, na casa de banho das senhoras!



Aguenta Hulk, estamos contigo... (XXX)

 GANDA    HULK   !!!!!

 

 

10 de janeiro de 2010

Casamento GAY: Reflexão do dia

Numa aula de teologia, em assuntos do matrimónio, o aluno pergunta ao professor:

 

- Se morre a mulher, o marido passa a ser viúvo; se morre o marido, a mulher passa a ser viúva.

E, num casamento de homossexuais, como se chama a pessoa a quem morreu o companheiro?

  Resposta do professor: 

  - Bicha solitária!

A MALTA DOS VELHOS TEMPOS

Na noite passada, fui convidado para um Jantar com "A MALTA DOS VELHOS TEMPOS". 
Jurei á minha mulher que estaria de volta pela meia-noite. 
Ela não acreditou e eu soltei um: 
- "Eu prometo!".
Mas as horas passaram rápido, o sangue já escasseava no meio do álcool e depressa fiquei com a focagem meio ás voltas .. Por volta de 3 da manhã, bêbado que nem um cacho, fui para casa.
Mal entrei e fechei a porta, o cuco no hall disparou e "cantou" 3 vezes. 
Rapidamente, percebendo que a minha mulher podia acordar, eu fiz "cu-cu" mais 9 vezes.
Fiquei realmente orgulhoso de mim mesmo por ter uma ideia tão brilhante e rápida, mesmo com uma bebedeira de caixão à cova, para evitar um possível conflito com ela.
Na manhã seguinte, a minha mulher perguntou a que horas eu tinha chegado e eu disse-lhe que pela meia-noite.
Ela não pareceu nem um pouquinho desconfiada. Ufa ! Daquela eu já me tinha escapado!
Então, ela disse:
- Amor! Nós precisamos de um cuco novo .
Quando eu perguntei porquê, ela respondeu: 
- Bom, esta noite o nosso relógio fez "cu-cu" 3 vezes e depois disse alto "daassssse tou fodido!"... Fez "cu-cu" mais 4 vezes, resmungou e arrotou, cantou "cu-cu" mais 3 vezes e peidou-se, mandou uma grande gargalhada e cantou mais 2 vezes...   Depois bateu com os cornos na porta do corredor que deixei entreaberta e mandou um "Puta que pariu".  Entrou no quarto tropeçou no gato, disse "Merda!"...  E só se deitou depois de cair duas vezes ao despir-se...

Fotos: Você já foi a....



Faça viagens diferentes....
 
 
Procure locais novos....
 
Estão aqui alguns exemplos...

Casamento Gay - motivo de divórcio


9 de janeiro de 2010

A medicina na voz do povo






“Tenho esta comichão na perseguida porque o meu marido tem uma infecção na ponta da natureza.”


Carlos Barreira da Costa, médico Otorrinolaringologista da mui nobre e
Invicta cidade do Porto, decidiu compilar no seu livro A Medicina na Voz do Povo, com o inestimável contributo de muitos colegas de profissão, trinta anos de histórias, crenças e dizeres ouvidos durante o exercício desta peculiar forma de apostolado que é a prática da medicina. E dele não resisti a extrair verdadeiras jóias deste tão pouco conhecido léxico que decidi compartilhar convosco.



O DIÁLOGO COM UM PACIENTE COM PATOLOGIA DA BOCA, OLHOS, OUVIDOS, NARIZ E GARGANTA É SEMPRE UM DESAFIO PARA O CLÍNICO

Ø  A minha expectoração é limpa, assim branquinha, parece, com sua licença, espermatozóides.

Ø  Quando me assoo dou um traque pelo ouvido, e enquanto não puxar pelo corpo, suar, ou o caralho, o nariz não se destapa.

Ø  Não sei se isto que tenho no ouvido é cera ou caruncho.

Ø  Isto deu-me de ter metido a cabeça no frigorífico. Um mês depois fui ao Hospital e disseram-me que tinha bolhas de ar no ouvido.

Ø  Ouço mal, vejo mal, tenho a mente descaída.

Ø  Fui ao Ftalmologista, meteu-me uns parafusinhos nos olhos a ver se as lágrimas saíam.

Ø  Tenho a língua cheia de Áfricas.

Ø  Gostava que as papilas gustativas se manifestassem a meu favor.

Ø  O dente arrecolhia pus, e na altura em que arrecolhia às imidulas, infeccionava-as

Ø  A garganta traqueia-me, dá-me aqueles estalinhos e depois fica melhor.


AS PERTURBAÇÕES DA FALA IMPACIENTAM O DOENTE


 
Ø  Na voz sinto aquilo tudo embuzinado.
 
Ø  Não tenho dores, a voz é que está muito fosforenta.
 
Ø  Tenho humidade gordurosa nas cordas vocais.
 
Ø  O meu pai morreu de tísica na laringe.
 
 
 
 
OS PROBLEMAS DA CABEÇA SÃO MUITO FREQUENTES







Ø  Há dias fiz um exame ao capacete no Hospital de S. João.
 
Ø  Andei num Neurologista que disse que parti o penedo, o rochedo ou lá o que é....
 
Ø  Fui a um desses médicos que não consultam a gente, só falam pra nós.
 
Ø  Vem-me muitos palpites ruins, assim de baixo para cima....
 
Ø  A minha cabecinha começa assim a ferver e fico com ela húmida, assim aos tombos, a trabalhar.
 
Ø  Ou caiu da burra ou foi um ataque cardeal.
 
 


OS APARELHOS GENITAL E URINÁRIO SÃO OBJECTO DE QUEIXAS SUI GENERIS



 
 
Ø  Venho aqui mostrar a parreca.
 
Ø  A minha pardalona está a mudar de cor.
 
Ø  Às vezes prega-se-me umas comichões nas barbatanas.
 
Ø  Tenho esta comichão na perseguida porque o meu marido tem uma infecção na ponta da natureza.
 
Ø  Fazem aqui o Papa Micau (Papanicolau)?
 
Ø  Quantos filhos teve? - pergunta o médico.
- Para a retrete foram quatro, senhor doutor, e à pia baptismal levei três.
 
Ø  Apareceu-me uma ferida, não sei se de infecção se de uma foda mal dada.
 
Ø  Tenho de ser operado ao stick. Já fui operado aos estículos.
 
Ø  Quando estou de pau feito... a puta verga.
 
Ø  O Médico mandou-me lavar a montadeira logo de manhã.
 
 
 
AS DORES DA COLUNA E DO APARELHO MUSCULAR E ESQUELÉTICO SÃO DIFÍCEIS DE SUPORTAR







Ø  Metade das minhas doenças é desfalsificação dos ossos e intendência para a tensão alta.
 
Ø  O pouco cálcio que tenho acumula-se na fractura.
 
Ø  Já tenho os ossos desclassificados.
 
Ø  Além das itroses tenho classificação ossal.
 
Ø  O meu reumatismo é climático.
 
Ø  É uma dor insepulcrável.
 
Ø  Tenho artroses remodeladas e de densidade forte.
 
Ø  Estou desconfiado que tenho uma hérnia de escala.
 
 
 
O PORTUGUÊS BEBE E FUMA MUITO E DESCULPA-SE COM FREQUÊNCIA



 
Ø  Tomo um vinho que não me assobe à cabeça.
 
Ø  Eu abuso um pouco da água do Luso.
 
Ø  Não era ébrio nato mas abusava um pouco do álcool
 
Ø  Fujo dos antibióticos por causa do estômago. Prefiro remédios caseiros, a aguardente queimada faz-me muito bem.
 
Ø  Eu sou um fumador invertebrado.
 
 
O APARELHO DIGESTIVO ORIGINA SEMPRE MUITAS QUEIXAS



 
Ø  Fui operado ao panquecas.
 
Ø  Tive três úlceras: uma macho, uma fêmea e uma de gastrina.
 
Ø  Ando com o fígado elevado. Já o tive a 40, mas agora está mais baixo.
 
Ø  Eu era muito encharcado a essa coisa da azia.
 
Ø  Senhor Doutor, a minha mulher tem umas almorródias que, com a sua 

licença, nem dá um peido.
 
Ø  Tenho pedra na basílica.
 
Ø  O meu marido está internado porque sangra pela via da frente e pinga 

pela via de trás.
 
Ø  Fizeram-me um exame que era uma televisão a trabalhar e eu a comer 

papa.
 
Ø  Fiz uma mamografia ao intestino.
 
Ø  O meu filho foi operado ao pence (apêndice) mas não lhe puseram os 

trenós (drenos), encheu o pipo e teve que pôr o soma (sonda).
 
 
OS MEDICAMENTOS E OS SEUS EFEITOS PRESTAM-SE ÀS MAIORES CONFUSÕES




 
Ø  Ando a tomar o Esperma Canulado - Espasmo Canulase
 
Ø  Tenho cataratas na vista e ando a tomar o Simião – Sermion
 
Ø  Andei a tomar umas injecções de Esferovite – Parenterovit
 
Ø  Era um antibiótico perlim pim pim mas não me fez nada – Piprilim
 
 
 
Ø  Agora estou melhor, tomo o Bate Certo – Betaserc
 
Ø  Tomo o Sigerom e o Chico Bem - Stugeron e Gincoben
 
Ø  Ando a tomar o Castro Leão – Castilium
 
Ø  Tomei Sexovir – Isovir
 
Ø  Tomo uma cábulas à noite.
 
Ø  Tomei uns comprimidos jaunes, assim amarelados.
 
Ø  Tomo uns comprimidos a modos de umas aboborinhas.
 
Ø  Receitou-me uns comprimidos que me põem um pouco tonha.
 
Ø  Estava a ficar com os abéticos no sangue.
 
Ø  Diz lá no papel que o medicamento podia dar muitas complicações e alienações.
 
Ø  Quando acordo mais descaída tomo comprimidos de alta potência e fico logo melhor.
 
Ø  Ó Sra. Enfermeira, ele tem o cu como um véu. O líquido entra e nem actua.
 
Ø  Na minha opinião sinto-me com melhores sintomas.
 
 
O QUE OS DOENTES PENSAM DO MÉDICO



 
Ø  Também desculpe, aquela médica não tinha modinhos nenhuns.
 
Ø  Especialista, médico, mas entendido!
 
Ø  Não sou muito afluente de vir aos médicos.
 
Ø  Quando eu estou mal, os senhores são Deus, mas se me vejo de saúde 

acho-vos uns estapores.
 
Ø  Gosto do Senhor Doutor! Diz logo o que tem a dizer, não anda a 

engasular ninguém.
 
Ø  Não há melhor doente que eu! Faço tudo o que me mandam, com aquela coisa de não morrer.
 
 
 
EM RELAÇÃO AO DOENTE O HUMOR DEVE SEMPRE PREVALECER SOBRE A SISUDEZ E O DISTANCIAMENTO.
Senão, atentem neste clássico







Ø  - Ó Senhor Doutor, e eu posso tomar estes comprimidos com a menstruação?
Ao que o médico retorque:
- Claro que pode. Mas se os tomar com água é capaz de não ser pior ideia. Pelo menos sabe melhor.








Visite o site ANEDOTAS.TV, para ver mais anedotas, muitos vídeos e imagens de bom humor, e o Conta.Anedotas.tv para ouvir as anedotas.