Páginas

26 de novembro de 2012

Sem comentários...

Tem que ser "MAXOXO" para torcer pelo Mengão


Registo Civil de Beja - está demais! A língua portuguesa é mesmo traiçoeira!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Registo Civil de Beja - está demais!
A lingua portuguesa tem destas coisas fabulosas!
Podem vir acordos e mais acordos ortográficos, podem tirar-lhe acentos, cês e pês e quejandos, tirem-lhe o que quiserem ... que ela continuará a brindar-nos com estes maravilhosos foguetes!
Quanto mais o pau lhe cortam, mais nela o pau se endireita...

Ora façam o favor de ler.


 Registo Civil de Beja - está demais! !!

ABSOLUTAMENTE HILARIANTE!!!
Claro, só aqui mesmo é que acontecem essas coisas!
Quando passarem por Beja, poderão certificar se é verdade ou não.......
O Registo Civil de Beja recebeu o seguinte requerimento:

 

Beja, 5 de Fevereiro 2006.

         Eu, Maria José Pau, gostaria de saber da possibilidade de se abolir o sobrenome Pau do meu nome, já que a presença do Pau me tem deixado embaraçada em várias situações. Desde já agradeço a  atenção despendida.
Peço deferimento,

Maria José Pau.


Em resposta, recebeu a seguinte mensagem:

Cara Senhora Pau:

       Sobre a sua solicitação da remoção do Pau, gostaríamos de lhe dizer que a nova legislação permite a remoção do Pau, mas o processo é complicado e moroso.
       Se o Pau tiver sido adquirido após o casamento, a remoção é mais fácil, pois, afinal de contas, ninguém é obrigado a usar o Pau do cônjuge se não quiser.
       Se o Pau for do seu pai, torna-se mais difícil, pois o Pau a que nos referimos é de família e tem sido utilizado há várias gerações.
       Se a senhora tiver irmãos ou irmãs, a remoção do Pau torná-la-ia diferente do resto da família.
       Cortar o Pau do seu pai pode ser algo muito desagradável para ele.
       Outro senão está no facto do seu nome conter apenas nomes próprios, e poderá ficar esquisito, caso não haja nada para colocar no lugar do Pau.
       Isto sem mencionar que as pessoas estranharão muito ao saber que a senhora não possui mais o Pau do seu marido.
       Uma opção viável seria a troca da ordem dos nomes.
       Se a senhora colocar o Pau na frente da Maria e atrás do José, o Pau pode ser escondido, pois poderia assinar o seu nome como 'Maria P. José'.
       A nossa opinião é a de que o preconceito contra este nome já acabou há muito tempo e visto que a senhora já usou o Pau do seu marido por tanto tempo, não custa nada usá-lo um pouco mais.
       Eu mesmo possuo Pau, sempre o usei e muito poucas vezes o Pau me causou embaraços.
Atenciosamente,

Bernardo Romeu Pau Grosso

Registo Civil de Beja


20 de novembro de 2012

Nada impede...

NADA IMPEDE - SIMPLESMENTE GENIAL!!!!
Nada impede!
Um velho de 87 anos foi ao médico, e ao ser atendido disse ao mesmo.
- Doutor, não sei o que anda a acontecer comigo, já não consigo fazer amor, não tenho erecção! O médico respondeu:
Meu caro senhor, isso na sua idade é mais do que normal.
Mas como normal, doutor??? Eu tenho um primo de 89 anos que diz que dá 3 por dia!!! Resposta do médico:
- Mas o senhor também pode dizer! As suas cordas vocais estão impecáveis!!!

EXAME DA 4ª CLASSE EM 1966. (RELÍQUIA)

Por isso é que com o antigo 5º (hoje 9ºano) sabia-se mais que hoje sabem os "doutores"!

E agora quem sabe mais?!
Só tenho pena de não ter aqui malta nova para ver com quantos paus se fazia uma canoa, e tinhamos muito pouco tempo, só um aluno de cada vez diante de um grupo de ditadores, os nervos de não acertar, depois ao quadro, ao mapa de Portugal continental e ultramarino, rios, linhas de comboio. Ainda se queixam estes copos de leite que é difícil a escola, imaginem no nosso tempo.



 
Exame 4.ª Classe em 1966
Quantos políticos, licenciados, de hoje saberiam responder a metade disto...?

Divirtam-se e aproveitem a vida!

VELHINHA

Os novos ensinam os idosos,
ou será o contrário?
Uma avó junto a uma passadeira diz para o neto:

  - Vês aquela menina de mão dada com o avô para o ajudar a travessar a estrada?

- Devias aprender com ela!


Responde o neto:

- Avó, aquele é o Pinto da Costa, de mão dada com a mulher!