Páginas

30 de dezembro de 2009

Bêbados

Dois amigos beberrões, que são mecânicos de aviões, estão no Aeroporto da Portela a olhar p'ró boneco, sem nada para fazer.

Um deles diz para o outro:

"Eh pá, tens aí alguma coisa que se beba?" ao que o outro responde:

"Nem por isso... mas já ouvi dizer que se beberes a gasolina do avião aquilo dá uma bijorna do caraças."

Por isso, eles decidem experimentar a gasolina do avião, apanham uma talocha jeitosa e divertem-se à grande como só dois amigos beberrões conseguem fazer.


Na manhã seguinte, um deles acorda, com medo de se levantar e que a sua cabeça exploda da ressaca terrível que vai ter.

Levanta-se, sente-se bem...   aliás, sente-se maravilhosamente!

Nada de ressaca!
 
O telefone toca, é o amigo.

"Então, pá? Como é que te estás a sentir hoje? Eu estou bastante bem, por acaso!"
 
"Eh pá, eu também! Sinto-me em grande! A gasosa do avião é brutal! Nada de ressaca... temos que repetir!"
 
"Pois... mas há só uma coisinha..."
 
"Então?"
 
"Já te peidaste hoje?"
 
"Não! Porquê?"
 
"Ó pá, nem tentes. Estou-te a ligar de Marrocos."
 


28 de dezembro de 2009

Quando se é do campo, olha-se para as coisas de maneira um pouco diferente...


"E assim se fala em bom português!"

         "E assim se fala em bom português!"

*A ESTRANHA BELEZA DA LÍNGUA PORTUGUESA*

*Este texto é dos melhores registos de língua portuguesa que eu tenho lido sobre a nossa digníssima 'língua de Camões', a tal que tem fama de ser pérfida, infiel ou traiçoeira. *

Um político que estava em plena campanha chegou a uma pequena cidade, subiu para o palanque e começou o discurso:

*Compatriotas*, *companheiros*, *amigos*! Encontramos-nos aqui, *convocados *, *reunidos* ou *juntos* para *debater*, *tratar* ou *discutir* um *tópico*, *tema* ou *assunto*, o qual me parece *transcendente*, *importante* ou de *vida ou morte*.

O *tópico*, *tema* ou *assunto* que hoje nos *convoca*, *reúne* ou *junta* é a minha *postulação*, *aspiração* ou *candidatura* a Presidente da Câmara deste Município.

De repente, uma pessoa do público pergunta:

- Ouça lá, porque é que o senhor utiliza sempre três palavras, para dizer a mesma coisa?

O candidato respondeu:

- Pois veja, meu senhor: a primeira palavra é para pessoas com nível cultural muito alto, como intelectuais em geral; a segunda é para pessoas com um nível cultural médio, como o senhor e a maioria dos que estão aqui; a terceira palavra é para pessoas que têm um nível cultural muito baixo, pelo chão, digamos, como aquele alcoólico, ali deitado na esquina.

De imediato, o alcoólico levanta-se a cambalear e 'atira':

- Senhor *postulante*, *aspirante* ou *candidato*: (hic) o *facto*, *circunstância* ou *razão* pela qual me encontro num estado *etílico*, *alcoolizado* ou *mamado* (hic),
não *implica*,*significa*, ou *quer dizer* que o meu nível (hic) cultural seja *ínfimo*, *baixo* ou mesmo *rasca* (hic). E com todo a *reverência*, *estima* ou *respeito* que o senhor me merece (hic) pode ir *agrupando*, *reunindo* ou *juntando* (hic) os seus *haveres*, *coisas* ou *bagulhos* (hic) e *encaminhar-se*, *dirigir-se* ou *ir direitinho* (hic) à *leviana da sua progenitora*, à *mundana da sua mãe biológica* ou à *puta que o pariu*!




A loira e GNR...

A loira e o GNR

Um agente da GNR pára o carro de uma loura sensacional.
GNR- A senhora vai com pressa???
Loura - Ah, não se pode ir depressa??
GNR - Não. Posso ver a sua carta de condução?
Loura - Que carta??
GNR - Deve estar na sua carteira,explica o policia.
A Loura leva alguns minutos e finalmente encontra-a.
GNR- Os documentos do carro, por favor.
Loura - O carro tem documentos?
GNR - Normalmente estão no porta-luvas
Ela abre o porta luvas, encontra os documentos e entrega-os ao guarda.
GNR - Eu volto num minuto. O agente afasta-se um pouco e vai até ao carro e
liga para a central.
GNR - T'ou sargento? Uma loura aqui, burra como tudo, estava conduzir a mais de 160 Km/h
Sargento - Uma loura maravilhosa num BMW vermelho??
GNR - Essa mesmo.
Sargento - És um sortudo. Vai até lá, devolve os documentos dela e tira o pau para fora.
GNR - Como??????????
Sargento - Vai por mim, faz o que eu te digo e não te vais arrepender!!!!!
O agente volta ao carro, devolve os documentos abre a braguilha e tira o pau para fora.
A loura olha e exclama: - Oh não!! Outra vez o teste do balão!!



Tudo o que sempre necessitei saber, aprendi com a minha mãe


Tudo o que sempre necessitei saber, aprendi com a minha mãe:

A minha mãe ensinou-me a apreciar um trabalho bem feito:
'se tu e o teu irmão se querem matar, vão lá pra fora. Eu acabei de
limpar a casa!!! '

A minha mãe ensinou-me a ter fé:
'é melhor rezares para essa mancha sair do tapete. '

A minha mãe ensinou-me a lógica:
'por que eu digo que é assim, acabou, e ponto final! '

A minha mãe ensinou-me o que é motivação:
'continua a chorar que eu vou-te dar uma razão verdadeira para chorares! '

A minha mãe ensinou-me genética:
'és igualzinho ao traste do teu pai! '

A minha mãe ensinou-me as minhas raizes:
'deves tar a pensar que nasceste numa família rica. '

A minha mãe ensinou-me a contradição:
'fecha a boca e come!!!'

A minha mãe ensinou-me a ter força de vontade:
'vais ficar aí sentado até comer tudo'.

A minha mãe ensinou-me sobre justiça:
'um dia terás os teus filhos, e eu espero eles sejam iguais a ti… vais
ver o que é bom.'

A minha mãe ensinou-me a valorizar um sorriso:
'responde-me de novo e eu arrebento-te os dentes!!!'

A minha mãe ensinou-me a rectidão:
'eu ajeito-te nem que seja com porrada!!!'


Obrigado, Mãe!!



Do you speak english?



- Do you speak English?
- Yes!
- Name?
- Abdul al-Rhazib.
- Sex?
- Three to five times a week.
- No, no... I mean male or female?
- Yes, male, female, sometimes camel.
- Holy cow!
- Yes, cow, sheep, animals in general.
- But isn't that hostile?
- Horse style, doggy style, any style!
- Oh dear!
- No, no! Deer runs too fast.


Um país com 2 sílabas...!!!



Aconteceu realmente na rádio TUPI FM 104,1 em São Paulo:

Locutor: - "Quem fala?"
Ouvinte: - "É o Vicente"
Locutor: - "De onde, Vicente?"
Ouvinte: - "Lapa!"
Locutor: - "Olha aí, Vicente da Lapa! Valendo o kit com camiseta e  CD do Edson e Hudson. Preste atenção! Qual é o país que tem duas sílabas e se pode comer uma delas? Prestou bem atenção? Há um país com 2 sílabas e 1 delas é muito boa para se comer"

Dez segundos para responder:
Ouvinte: - "CUba!"
Locutor: (mudo por alguns segundos e algumas  risadas no  fundo). "Tá certo, senhor Vicente! Vai levar o prémio pela criatividade. Mas aqui na minha ficha tava escrito JAPÃO..."


IKEA


Uma senhora vai ao Ikea comprar um armário novo. Para que lhe saia mais
barato, compra um em kit. Ao chegar a casa, monta-o e fica perfeito.·
Nesse momento passa o comboio (ela mora junto à estação de comboios) e o 
armário desmonta-se todo. Monta novamente o armário. E este voltaa cair com
o passar do comboio. À terceira tentativa falhada, telefona para a Ikea e exige a presença de um técnico.

O técnico chega, monta o armário e, quando passa o comboio, desmonta-se todo. O técnico monta novamente o armário, passa outro comboio e, armário novamente desmontado. Então, o técnico tem uma brilhante ideia:

- Escute, minha senhora, eu vou montar novamente o armário, meto-me lá dentro e espero que passe o comboio para ver porque é que o armário se estás desmontar. E assim fez.

Nisto o marido entra no quarto e diz:

- Querida, que armário tão bonito! - e abre a porta. Ao ver o técnico da Ikea pergunta:

- O que é que você faz aí?

Este responde:

- Estou quase tentado a dizer-lhe que vim comer a sua mulher. Porque, se lhe digo que estou à espera do comboio, não vai acreditar.


Primeira vez do Índio

Primeira vez do índio
 
 
PRIMEIRA VEZ DO INDIO
Um índio foi ao bordel e disse:
- Índio qué mulhé, índio tem dinheiro!
A dona do bordel perguntou:
- Índio tem experiência? Já fez isso antes?

Índio respondeu:
- Índio primeira vez...

A dona do bordel ponderou:
- Então, índio vai no mato, procura um buraco numa árvore, aprende como se faz e depois volta aqui.

Uma semana depois, o índio voltou ao bordel:  
- Índio qué mulhé, índio tem dinheiro, índio já aprendeu!

Então, a dona do bordel mandou o índio subir para um quarto no qual já havia uma moça esperando por ele.
O índio subiu, entrou no tal quarto e mandou a mocinha tirar a roupa  e ficar de quatro.  Depois, pegou um pedaço de pau e começou a bater na bunda da  dita cuja, que aos gritos pergunta:


- Sê tá maluco??? O que que você está fazendo?
 Ao que ele responde:


- Índio tá vendo primeiro se tem abelha no buraco!!! 

 

 


26 de dezembro de 2009

JESUS em HAVANA

JESUS em HAVANA


Fidel Castro recuperou da doença e com muita ajuda lá foi discursar para mais de um milhão de cubanos na praça da revolução quando surgiu uma luz vindo do céu quem se aproximou de Fidel.

Era Jesus Cristo.

Fidel ajoelhou-se e pediu-lhe perdão por ter duvidado da sua existência devido ao Marxismo.

Jesus segredou algo ao ouvido de Fidel que se dirigiu ao microfone disse ao público:

- Camaradas de revolução. Jesus Cristo sempre existe e quer dizer-lhes algo.

Então Jesus pegou no microfone e disse:

- Povo de Cuba, este homem com uma barba igual à minha, não vos deu o pão do conhecimento igual ao meu?

E o povo exclamou:

- Sssiiiiiiiiiiiiiiiiii....

Jesus disse:

- É certo que eu multipliquei o pão para matar a fome aos pobres! Não é verdade que este homem inventou as senhas racionadas para matar a fome dos pobres cubanos?

E o povo lá gritou:

- Sssiiiiiiiiiiiiiiiiii....

Jesus disse:

E não é verdade que este homem construiu hospitais e clínicas para curar os pobres como eu os curei com milagres?

E o povo entusiasmado gritou:

- Sssiiiiiiiiiiiiiiiiii....

Jesus disse:

- E não é verdade que este homem espalhou educação e conhecimento  imposto ao povo, como eduquei os meus apóstolos?

E o povo excitado bramava:

 - Sssiiiiiiiiiiiiiiiiii....

 Jesus disse:

 - E não é verdade que sofreu muitas traições de camaradas de Miami,  como eu sofri a traição de Judas?

 E o povo cada vez mais frenético, lá gritou:

 - Sssiiiiiiiiiiiiiiiiii....

 Então Jesus gritou:
-  Então porque estão à espera para crucificarem este gajo?

22 de dezembro de 2009

Será que o sapo tomou banho?


Sarkozy e Obama


Mulher GNR (mais valia estar caladinho....lol)

Mulher GNR:


MULHER DA GNR A CAVALO...


O caso foi contado numa carta de um leitor, assinada por Joel Lima, no jornal
'O Record' e retomada pelo 'Expresso' do dia 17 do mês passado.
À saída de um estádio de futebol em Lisboa, um adepto armou-se em engraçado com uma mulher-GNR a cavalo:

"Eh, sabe que o seu cavalo está a  espumar da boca ????"

Rápida como uma seta ela responde-lhe:

"Também você estava, se estivesse seis horas entre as minhas pernas...."

 

PROFESSORA COM TOMATES! excelente !


PROFESSORA COM TOMATES! excelente !

 Isto sim!...ganda prof....


PROFESSORA COM TOMATES!

(Só no PORTO!!!!.. Carago!) LINDO!!!

História verídica ocorrida numa Faculdade do Porto:

 

Uma professora universitária acabava de dar as últimas orientações aos alunos, acerca do exame que ocorreria no dia seguinte.
 

Finalizou alertando que não haveria desculpas para a falta de nenhum aluno, com excepção de um grave ferimento, doença ou a morte de algum parente próximo.
Um engraçadinho, que estava sentado no fundo da sala, perguntou com aquele velho ar de ironia e cinismo:

'De entre esses motivos justificados, podemos incluir o de extremo cansaço por actividade sexual ??'

A CLASSE EXPLODIU EM GARGALHADAS, COM A PROFESSORA A  AGUARDAR PACIENTEMENtE QUE O SILÊNCIO FOSSE ESTABELECIDO.

 


 

Assim que isso aconteceu, ela olhou para o palhaço e respondeu:
 

-Isso não é um motivo justificado. - e continuou serenamente -'Como o exame será de escolha múltipla, você pode vir para a sala e escrever com a outra mão... Ou, se não se puder sentar, pode responder de pé .

 

 

19 de dezembro de 2009

Piropos à Trolha...

Enciclopédia de Piropos à Trolha 
 
 
Alguém por aí se deu ao trabalho e fez a enciclopédia.  
Eu contribuo na divulgação. É de chorar a rir. Divirtam-se! 
 
  
Capítulo 1 - A rima rica  
1. Ó flor dá para pôr?  
2. Ó musa dás-me tusa.  
3. Ó bomboca, mostra a toca?  
4. Ó doce, era onde fosse.  
5. Ó beleza, deixas-ma tesa.  
6. Ó boneca, vai uma queca?  
 
Capítulo 2 - O trocadilho  
7. És como um helicóptero: gira e boa.  
8. Ó febra, junta-te aqui à brasa.  
9. Ó jóia, anda aqui ao ourives.  
10. Ó 'morcona', comia-te o sufixo.  
11. Ó filha, aperta aqui que é mais fofo.  
12. Ó jeitosa, és mais apertadinha que os rebites de um submarino.  
13. Andas na tropa? É que marchavas que era uma maravilha.  
14. Se fosses um barco pirata, comia-te o tesouro que tens entre as pernas.  
15. Tantas curvas e eu sem travões.  
16. Usas cuecas TMN? É que tens um rabinho que é um mimo.  
17. A tua mãe só pode ser uma ostra para cuspir uma pérola como tu.  
18. Tens um cu que parece uma cebola, é de comer e chorar por mais.  
19. Só queria que fosses uma pastilha elástica para te comer o dia todo.  
20. Tanta carne boa e eu em jejum.  
21. Se o teu cu fosse um banco, fazia uma poupança à taxa fixa.  
22. Ó filha, agora já percebo porque é que tenho a talocha nas mãos.  
23. Belas pernas, a que horas abrem?  
24. A ti não te custava nada e a mim sabia-me tão bem.  
25. Até davas uma boa actriz mas és muito melhor atrás.  
 
Capítulo 3 - A metáfora  
26. Ainda dizem que as flores não andam.  
27. Ó filha, com um cuzinho desses deves cagar bombons.  
28. Ó filha, levavas aí com o martelo pneumático que fazíamos o túnel do Marquês num instante.  
29. Que bela anilha que tu tens, deixa lá enroscar o meu parafuso.  
30. Só custa a cabeça que o resto é pescoço. 
31. Que rica sardinha para o meu gatinho.  
32. Anda cá acima afagar-me a cobra zarolha.  
33. Ó filha, o teu pai devia ter a régua torta para te fazer com curvas assim.  
 
Capítulo 4 - Os ordinários  
34. Ó filha, fazia-te um pijaminha de cuspo.  
35. Quem me dera que fosses um frango para te meter um pau no cu e fazer-te suar.  
36. Só queria que fosses um cavalinho de carrossel, para te montar todo o dia por 50 cêntimos.  
37. Ó filha, anda cá a cima que até a barraca abana.  
38. Contigo filha, era até ao osso.  
39. Metia-te inteira até que ma mordesses.  
40. Posso tocar no teu umbigo pela parte de dentro?  
41. Ai de ti que eu saiba que esse cuzinho anda a passar fome.  
42. Ó filha, enchia-te essa cona toda de massa.  
43. Só não tenho pêlos na língua porque tu não queres.  
44. Ó filha, anda cá a cima que ele não se vai chupar sozinho.  
45. Tens uns olhos tão lindos, tão lindos, que te comia essa cona toda.  
46. Caiava-te toda de branco por dentro.  
47. Até mandava arrancar os dentes da frente pra te chupar melhor a cona.  
48. Ó linda, sobe aqui à palmeira e anda-me lamber os cocos.  
49. Ó faneca, anda cá que o pai unta-te.  
50. O teu cu parece uma serra eléctrica, não há pau que lhe resista.  
51. És tão quente que até se me grelham os tomates.  
52. O meu amor por ti é como a diarreia, não o consigo manter cá dentro.  
53. Diz-me quem é a tua ginecologista para eu lhe ir chupar o dedo.  
54. Com esse cu, estás convidada a cagar na minha casa.  
55. Contigo até me tornava mineiro, só para te abrir os buracos todos.  
56. Podia ficar um mês a cagar trapos mas comia-te com roupa e tudo.  
57. Posso pagar-te uma bebida ou preferes em dinheiro?  
58. Ainda dizem que a fruta verde não se come.  
59. Ó filha, lambia-te o que tu mais gostas.  
60. Ó fofa, agarra aqui na corneta.  
61. Agarra-me aqui no tarolo, ó princesa.  
62. O teu pai deve ser arquitecto, tens um cu que é uma obra.  
63. Ó filha, agarra aqui com a mão.  
64. Que rico filho. Anda cá cima que eu faço-te outro mas mais bonito.  
65. Ó sol, sopra aqui na minha flauta pingante.  
66. Ó boneca, era a estrear.  
 
Capítulo 5 - A subtileza do povo  
67. Ía até ao fim do mundo por um dos teus sorrisos, e ainda mais longe pela outra coisa que podes fazer com a boca.  
68. Estou a lutar desesperadamente contra o impulso de fazer de ti a mulher mais feliz do mundo.  
69. Sabes onde ficava bem a tua roupa? Toda amarrotada no chão do meu quarto.  
70. Só a mim é que não me calha uma destas na rifa.  
 
Capítulo 6 - Os religiosos  
71. Diz-me lá como te chamas para te pedir ao Menino Jesus.  
72. Ó filha, queres ir ao céu? Sobe os andaimes que o resto do caminho é por minha conta.  
73. Ó filha, se não acreditas que Deus é feito de carne e osso sobe os andaimes e anda cá tocar-me.  
74. Abençoados pais que conceberam esta coisinha linda.  
75. Por acaso és católica? É que tens um cu que valha-me Deus.*  
 
Capítulo 7 - Os espirituosos  
76. Se eu estivesse no teu lugar, tinha sexo comigo na boa.  
77. Ó menina, cuidado que prendeu-se-lhe a parte de baixo da saia no manípulo da betoneira.  
78. Essa roupa fica-te muito bem, mas eu ficava-te melhor.  
79. Se cair, já sei onde me agarrar.  
80. Acreditas em amor à primeira vista ou tenho que passar por aqui outra vez?  
81. Anda cá que te vou dar uma sessão de raboterapia.  
82. Não sou muito bom em matemática mas, 1+1 = 69?  
83. Não te esqueças do meu nome, mais logo vais gritá-lo.  
84. Minha senhora, troco a sua filha por um piano, assim, podemos tocar os dois.  
85. És um bilhete de primeira classe para o pecado.  
86. Queria ser um patinho de borracha para passar o dia na tua banheira.  
87. Deves estar tão cansada, passaste a noite às voltas na minha cabeça.  
88. Posso não ser bonito como o Brad Pitt, nem ter os músculos do Schwarzenegger, mas a lamber sou uma Lassie.  
89. Com uma montra dessas, imagino como é o armazém.  
90. Ó filha, contigo era até partir os pés à cama.  
91. Ó doce, anda cá a cima fazer uma festinha ao tareco.  
 
Capítulo 8 - Quem desdenha...  
92. Não és nada de se deitar fora, já tive pior e a pagar.  
93. Podes não ser a rapariga mais gira, mas com a luz apagada também é bom.  
94. Ó filha, tens carinha de modelo mas o teu cu é um continente.  
95. Com umas bóias dessas o Titanic não tinha ido ao fundo.  
96. Com um piso desses deves ser mais rodada que a 2ª Circular.  
 
Capítulo 9 - Quando a canção falha  
97. Ai não queres? Eu vi logo, gorda como estás é porque não suas muito.  
98. Mau? Mau o quê? Disse algum disparate ou chupas aqui mesmo?  
99. És mesmo esguia, pareces uma sereia: metade mulher, metade baleia.  
100. Ó filha, com menos cu também se caga.  
101. Ó filha, se o teu cu fosse uma torrada, precisava de um remo para o barrar.  
102. Também só queria saber o teu nome para quando me masturbar saber em quem estou a pensar.  
103. Ó filha, só não sou teu pai por quinhentos paus.  
104. Ó filha, com esse atrelado só com carta de pesados 
 
  

Quem é o teu exemplo de vida? Mtº Verdadeiro


Quem é o teu exemplo de vida?


Se queres saber, não olhes para as respostas, antes de concluir o exercício



Não olhes para as respostas... 

 

1º) Escolhe o teu número preferido de 1 a 9 
2º) Multiplica por 3, 
3º) Soma 3 ao resultado 
4º) Multiplica o resultado por 3 
5º) Soma os dígitos do resultado 
... 
... 
Rola a tela para baixo... 
> .. 
> .. 
Vê o número que corresponde ao teu exemplo de vida 
  
1.Einstein 
2.Nelson Mandela 
3.Ayrton Senna 
4.Helen Keller 
5.Bill Gates 
6.Gandhi 
7.George Clooney 
8.Thomas Edison 
9. EU!!!!!    

 10.Abraham Lincoln 

Pois é... Um dia ainda chegas lá... 
  
P.S.: Pára de escolher outros números, eu sou o teu ídolo, admite...ahahahahah!!
Continua a brincadeira, coloca o teu nome no número 9 e reencaminha e não me perguntes como funciona por que não te vou dizer....
 


O Papa

 

Depois de arrumar toda a bagagem do Papa Bento XVI (e ele não viaja
ligeiro), o motorista reparou que o Papa ainda se encontrava no exterior
do veiculo.

"Desculpe-me Sua Santidade", disse o motorista, "Não se importa de
ocupar o seu lugar para que possamos seguir?".

"Bem, para dizer a verdade", diz o Papa, "No Vaticano nunca me deixavam
conduzir quando era Cardeal, como Papa ainda menos, e apetecia-me mesmo
conduzir hoje!".

"Desculpe-me Sua Santidade, mas não posso fazer isso. Perderia o meu
emprego! E se acontecesse alguma coisa?" protestou o motorista,
desejando não ter ido trabalhar nessa manha.

"E quem é que vai contar?, diz o Papa com um sorriso?

Relutantemente, o motorista senta-se atrás, enquanto o Papa ocupa o
lugar ao volante. 

 O motorista imediatamente se arrepende pois, mal deixam o
aeroporto, o Papa mete o prego a fundo acelerando a limusina ate aos 205
km/h (lembrem-se que o Papa e alemão).

"Por favor, Sua Santidade!" implora o preocupado motorista; mas o Papa
continua com o prego a fungo até que se ouvem sirenes.

"Oh, meu Deus, vou perder a minha carta de condução e o emprego!",
soluçava o motorista.

O Papa encosta a limusina e desce o vidro quando o policia se aproxima;
quando este olha para ele, regressa à mota e estabelece contacto rádio
com a Central.

"Preciso de falar com o Chefe", informa ao operador.

O Chefe responde e o guarda diz-lhe que mandou parar uma limusina que
seguia a 205 km/h .

"Então aplica-lhe a multa", diz o Chefe.

"Não creio que devamos fazer isso, ele e mesmo importante", diz o
policia.

O Chefe exclama, "Por isso mesmo, multa o sacana!"

"Não, é que é MESMO importante", insiste o guarda.

Então o Chefe pergunta, "Quem tens ai, o Presidente da Câmara?"

E o policia: "Mais alto".

O Chefe: "Um deputado?"

Policia: "Mais importante".

Chefe: "O Primeiro Ministro?".

Policia: "Muito mais!".

"Bolas", diz o Chefe, "Então quem é?".

O policia: "Acho que é Deus!".

O Chefe fica atrapalhado, "E o que te leva a pensar que seja Deus?".

Policia: "É que o motorista Dele  ...  é o Papa!".

 


16 de dezembro de 2009

O Joãozinho Contra-ataca!


O professor pergunta ao Joãozinho :
- Qual vai ser a sua profissão Joãozinho ?
- Vou ser Engenheiro !
- E o que é que um Engenheiro faz ?
- Bebe cerveja, anda de moto e come gajas ...
- Joãozinho ! Vais imediatamente ao Director !
Depois de uma conversa dura com o Director, o Joãozinho vai para casa e a mãe pergunta :
- Porque é que chegaste mais cedo, meu querido ?
- Porque na aula eu disse que vou ser Engenheiro ...
- E então, o que é que um Engenheiro faz de mal ?
- É... o professor perguntou-me a mesma coisa e eu respondi que bebe cerveja, anda de moto e come a mulherada ...
- Joãozinho, seu malcriadão ! Já para o quarto de castigo !
O Joãozinho fica de castigo, pensa, pensa e volta para falar com a mãe.
- Mãe ... então, acho que vou ser Engenheiro Júnior !
- E então, o que é que um Engenheiro júnior faz ?
- Bebe sumol, anda de bicicleta e bate punhetas ..

 


A professora pergunta aos seus alunos :
- Se existem 5 passarinhos num ramo e vocês atirarem e matarem um, quantos sobram ?
- Nenhum - responde o Joãozinho.
A professora fica surpresa com a resposta :
- Nenhum ?
- Claro... com o barulho do tiro todos levantam voo !
- Bem, não era essa a resposta que eu esperava, mas gosto da tua maneira de pensar !
- E agora, posso fazer-lhe eu uma pergunta ? - Pediu Joãozinho.
- Pode, Joãozinho.
- Estão 3 mulheres sentadas num banco a comer sorvete.

Uma está lambendo, outra está chupando e a terceira está mordendo.

Qual delas é a casada?
A professora fica vermelha, mas responde, timidamente :
- A que está chupando?
- Não, a casada é a que tem a aliança no dedo, mas eu também gosto da sua maneira de pensar ...

 

Na escola, a professora falava dos animais :
- Para que serve a ovelha, Mariazinha ?
- Para nos dar a lã, professora ...
- E para que serve a galinha, Manelzinho ?
- Para nos dar os ovos ...
- E para que serve a vaca, Joãozinho ?
- Para nos passar os trabalhos para casa ..

 

Ao entrar na sala de aula, a professora vê um pénis desenhado no quadro.
 

Sem perder a compostura, apaga rapidamente o desenho e começa a aula.
No dia seguinte, o mesmo desenho, só que ainda maior.

 

Ela torna a apagá-lo e não faz nenhum comentário.
No terceiro dia, o desenho já ocupa quase o quadro inteiro;

 

Por baixo ela lê a seguinte frase :
'Quanto mais esfregar, mais ele cresce !'


Como trabalho de casa a professora pede para os alunos fazerem uma rima.
No dia seguinte ..
- Diga a sua rima, Joãozinho ?
- Lá vem o canguru com uma flor no cu.
Indignada, a professora manda-o refazer a rima. No fim da aula ..
- Joãozinho, diga novamente a sua rima
- Lá vem o canguru com uma flor na bochecha, porque no cu a professora não deixa.

A professora pergunta ao Joãozinho :
- Quantos tomates pode o mesmo tomateiro dar ?
- Não sei, professora ...
E com ironia ela diz :
- Hoje apanhei-te, espertinho !
Então o Joãozinho também faz uma pergunta :
- Professora, quantas tetas tem uma porca ?
- Não sei, Joãozinho ..
- Está a ver, a senhora apanhou-me pelos tomates, eu apanho-a pelas tetas!!!

 


A professora pergunta ao Joãozinho :
- Joãozinho, qual é o tempo verbal da frase : 

  Isso não podia ter acontecido ?
- Preservativo imperfeito, professora !


Ao entrar na sala de aulas, a professora escorrega e dá um grande trambolhão.

Na queda, saia sobe-lhe até à cabeça.
Levanta-se imediatamente, toda irritada, ajeita-se, e pergunta aos alunos :
- Luisinho, o que é que você viu ?
- Vi os seus joelhos, professora.
- Um dia de suspensão ! E você, Carlinhos ?
- Vi as suas coxas, professora.
- Um mês de suspensão. E você, Joãozinho ?
O Joãozinho pega nos cadernos e dirige-se para a porta de saída da aula :
- Bom, pessoal... até para o ano que vem ..


É época dos exames finais e a professora
 

Mandou os seus brilhantes alunos escreverem uma redacção,
 

onde fossem tratados os seguintes temas :
1 - Religião, 2 - Monarquia, 3 - Sexo, 4 - Mistério.
Passado meio minuto, o Joãozinho levanta a mão e diz que terminou.
A professora, sem acreditar, pede-lhe que leia a sua redacção.
Ele levanta-se, pega na folha de papel, coça a garganta e diz :
'Meu Deus! Foram ao cú à Rainha! Quem terá sido ?

 



13 de dezembro de 2009

Olimpíadas 2016 (curso rápido)


Foi almoçar a casa


Numa galeria de arte, uma mulher está parada em frente de um quadro muito estranho, cujo nome é: *'Foi almoçar a casa'.*
Nele, estão representados três negros, nus, sentados num banco de jardim,
com os seus pénis em primeiro plano. Mas, curiosamente, o homem do meio tem
o pénis cor-de-rosa...
- Desculpe-me - diz a mulher ao funcionário da galeria- eu estou curiosa a
respeito desses negros. Por que é que o homem do meio tem o pénis
cor-de-rosa?
O funcionário responde:
- Receio que a senhora não tenha interpretado bem o quadro.  Esses homens não
são negros; eles trabalham numa mina de carvão, e o homem que está sentado
no meio...*'Foi almoçar a casa'*...!


12 de dezembro de 2009

FOTO - Depois falam que é implicância...


"Come"morando o Hexa...
 
kkkkkkkkkkkkkkkkkk
Depois falam dos SãoPaulinos..rs.
 

"Malandro é o curupira, que faz gol de calcanhar..."



Não se riam se forem capazes"TÁ DEMAIS!"

 


 
Esta é só para os resistentes e bem humorados.
 
 
Não te rias se fores capaz...


Imagina a cena...
Um miudo estava a brincar no apartamento com um balão de festa de anos.
Chutava para cá, chutava para lá, até que o balão acabou entrando na casa de banho e foi cair justamente dentro da sanita.


Ele chegou, espreitou lá para dentro, viu o balão molhado, ficou com nojo e deixou-o ali mesmo.


Pouco tempo depois o seu pai entrou apressado para se 'desocupar' e sentou-se na sanita sem notar o balão. O almoço tinha sido muito pesado, e após ficar bem aliviado, olhou como era hábito, para dentro da sanita e ficou horrorizado com o espectáculo.


As suas fezes, muito moles, tinham coberto o balão e a impressão que se tinha era de um imenso, um absurdo, um gigantesco bolo fecal! Sem acreditar naquilo, começou a ficar muito branco, e dali mesmo ligou pelo telemóvel, para um seu amigo que era médico:


- Cardoso, acho que devo estar com algum problema sério ! Enchi a sanita de merda. Nunca vi tanta merda assim na minha vida!... está quase a extravazar!


- Oh Anselmo, com certeza que estás a exagerar!


- Qual exagero, qual quê !!! Estou na casa de banho a olhar para este 'merdel' todo, agora! Isto é um absurdo! Estou muito doente!!!


- Bom, eu já estava de saída do consultório. Aproveito e passo aí que é a caminho de minha casa!


O médico chega e vai directo ao amigo, que estava à espera à porta da casa de banho.


- Olá, Anselmo, ora vamos lá ver isso que vo............ CÉUS!!! O que é isto??? Que é que tu comeste, criatura???


- Eu não disse?! Agora acreditas?!


- Isto é incrível !


- Então, será que tenho algum problema sério?!


- Olha, o melhor é levar uma amostra disto e mandar para análise!


O médico saca de uma pequena espátula e um frasco esterilizado da sua maleta e quando espeta o 'bolo' para retirar uma amostra do material............


BUMMM!!!!!!!!!!! O balão estoura e voa merda para todo o lado !


Seguem-se instantes de absoluto silêncio.


Os dois amigos, completamente cagados, olham-se.


Estupefacto, o médico berra:
- Puta que pariu isto !!!! Achava eu, em 30 anos de medicina que já tinha visto de tudo, mas um peido com casca, NUNCA !!!


Desculpas com a polícia....

 ESTA MERECIA UM ÓSCAR - Espectacular!


A DESCULPA


Um tipo do norte comprou um Mercedes e estava a dar uma volta numa estrada nacional à noite.

A capota estava recolhida, a brisa soprava levemente pelo seu cabelo e ele decidiu puxar um bocado pelo carro.

Assim que a agulha chegou aos 130 km, ele de repente reparou nas luzes azuis por trás dele.

'De maneira alguma conseguem acompanhar um Mercedes' pensou ele para consigo mesmo, e acelerou ainda mais.

A agulha bateu os 150, 170, 180 e, finalmente, os 200 km/h, sempre com as luzes atrás dele.

Entretanto teve um momento de lucidez e pensou:

'Mas que raio é que eu estou a fazer?!' e logo de seguida encostou.

O polícia chegou ao pé dele, pediu-lhe a carta de condução e sem dizer uma palavra e examinou o carro e disse:

- Eu tive um turno bastante longo e esta é a minha última paragem. Não estou com vontade de tratar de mais papeladas, por isso, se me der uma desculpa pela forma como conduziu que eu ainda não tenha ouvido, deixo-o ir!

- Na semana passada a minha mulher fugiu de casa com um polícia - disse o homem - e eu estava com medo que a quisesse devolver!


Diz o polícia: - Tenha uma boa noite!

 

 

 

 

Mensagem de Natal

O Natal é quando o Homem quiser... desde que a Mulher esteja de acordo... !!!!


BOAS FESTAS !!!



A Secretária de Sócrates


A secretária de Sócrates estava apaixonada por ele, mas este nem percebia...

Um dia, depois do expediente, entrou na sala dele com um vestido  bastante provocante, fechou a porta e caminhou até à mesa, com ares de Mónica Lewinski, propondo-lhe, de forma ofegante:

- Sr. Primeiro Ministro, vamos fazer uma sacanice?

- Vamos!... Onde é que eu assino?




10 de dezembro de 2009

Solidariedade masculina

SOLIDARIEDADE MASCULINA

 
 
Uma mulher está na cama com o amante quando ouve o marido chegar e diz-lhe:

- Depressa, fica de pé e muito quieto ali no canto.

Rapidamente, ela cobriu o corpo do amante com óleo e pó-de-talco e disse-lhe:

- Finge que és uma estátua. Eu vi uma igualzinha na casa dos Fonseca!

Pouco depois, o marido entra e pergunta:

- O que é isto?

E ela, fingindo naturalidade:

- Isto? Ah, é uma estátua. Os Fonseca têm uma no quarto deles. Gostei  tanto que comprei esta igual para nós.

E não se falou mais da estátua.

Às duas da madrugada, a mulher já estava a dormir e o marido ainda a ver televisão. Ele levanta-se, caminha até à cozinha, prepara uma  sanduíche, pega uma latinha de cerveja gelada e volta para o quarto.

Ali, dirige-se para a estátua e diz:

- Toma. Come e bebe alguma coisa, seu filho da puta! Eu fiquei dois dias, que nem um idiota no quarto dos Fonseca e nem um copo de água me deram...!




Testes de alunos do Ensino Primário - FANTÁSTICOS

 

 

Testes de alunos do Ensino Primário. Está de mais !!!
 


 

 

- O Papa vive no Vácuo (!?)

 

- Antigamente na França os criminosos eram executados com a Gelatina (pelo menos assim não doía tanto)

 

- Em Portugal os homens e as Mulheres podem casar. A isto chama-se monotonia. (é frustrante que até na 2ª Classe já pensem assim...)

 

- Em nossa casa cada um tem o seu quarto. Só o papá é que tem de dormir sempre com a mamã. (Um destino terrível...)

 

- Os homens não podem casar com homens porque então ninguém podia usar o vestido de noiva. (que pena ahh)

 

- Um seguro de vida é o dinheiro que se recebe depois de ter sobrevivido a um acidente grave. (Certo! E estas pessoas em regra vivem com outro nome no Brasil)

 

- Os meus pais só compram papel higiénico cinzento, porque já fui utilizado e é bom para o ambiente. (Que bom!)

 

- Adoptar uma criança é melhor! Assim os pais podem escolher os filhos e não têm de ficar com os que lhe saem. (Pois é, com os animais de estimação também funciona assim!)

 

- Adão e Eva viviam em Paris. (Sim, sim lá também é Paradisíaco)

 

- O hemisfério Norte gira no sentido contrário do hemisfério Sul. (Viver ao longo do Equador deve ser muito divertido)

 

- As vacas não podem correr para não verterem o leite. (Que bom saber isso)

 

- Um pêssego é como uma maçã só que com um tapete por cima. (Nunca tinha   pensado      nisto!)


- Os douradinhos já estão mortos há muito tempo. Já não conseguem nadar! (Conseguem sim! No óleo da frigideira)

 

- Eu não sou baptizado, mas estou vacinado. (Esta tenho que ensinar aos meus filhos!)

 

- Depois do homem deixar de ser macaco passou a ser Egípcio. (Mmm... isto ainda não  sabia!)

 
- A Primavera é a primeira estação do ano. É na primavera que as galinhas põem os ovos e os agricultores põem as batatas. (Nunca mais como batatas)

 

- O meu tio levou o porco para a casota e lá foi morto juntamente com o meu avô. (Bem, se o avô já lá estava...)

 

- Quando o nosso cão ladrou de noite a minha mãe foi lá fora amamenta-lo. Se não os vizinhos ficavam chateados. (E assim como terão ficado?)

 

- A minha tia tem tantas dores nos braços que mal consegue erguê-los por cima da cabeça e com as pernas é a mesma coisa. (Acho que a mim aconteceria o mesmo ás   pernas)

 
- Um círculo é um quadrado redondo. (Esta é absolutamente fantástica!)

 

- A terra gira 365 dias todos os anos, mas a cada 4 anos precisa de mais um dia e é sempre em Fevereiro. Não sei porquê. Talvez por estar muito frio. (Um génio!)

 

- A minha irmã está muito doente. Todos os dias toma uma pílula, mas as escondidas para os meus pais não ficarem preocupados. (Sem comentários)

 

Como ir de Repente...


Como ir de Repente a Cagar ...

 

Motel

 
Esta não aguentei...

   

ESTÁ DEMAIS.....!!!!!

 

MOTEL

 

Mandam as regras que nunca se vai para um motel com a legítima. Não só não tem piada, como pode causar sérias perturbações familiares...

 

Josefa não aguentou e teve de contar à sua amiga Lurdes:

 

- O teu marido foi visto num motel.

 

A Lurdes abriu a boca e arregalou os olhos. Ficou assim, uma estátua de espanto, durante um minuto, um minuto e meio. Depois pediu detalhes.

 

- Quando? Onde? Com quem?

 

- Ontem. No Discretu's.

 

- Com quem? Com quem?

 

- Isso eu não sei.

 

- Mas como era a gaja? Era alta? Magra? Loira? Pernas boas? Rabo grande?

Mamas arrebitadas...

 

- Não sei, Lu.

 

- O Carlos Alberto vai-mas pagar. Olaré, se me paga !!

 

Quando o Carlos Alberto chegou em casa, a Lurdes anunciou que iria deixá-lo.

E contou porquê.

 

- Mas que história é essa, Lurdes? Então não te lembras quem era a mulher

que estava comigo no motel eras tu, minha tonta !!!

 

- Claro que me lembro !! Maldita hora em que eu aceitei ir lá ao Discretu's dar uma rapidinha! Toda a cidade já sabe que tu estiveste lá com uma gaja!!!

Ainda bem que não me identificaram...

 

- E agora?

 

- Agora ?? Agora vou ter que te deixar !! É óbvio? É o que todas as minhas amigas estão à espera que eu faça. Não sou mulher de ser enganada pelo marido e não reagir.

 

- Mas tu não foste enganada. Quem estava contigo era eu, o teu marido!

 

- Mas isso é pormenor e elas não sabem disso!

 

- Eu não acredito, Lurdes! Tu vais acabar o nosso casamento por causa disso?

Pelo que as outras mulheres pensam ???

 

- Vou!

 

Mais tarde, já quando a Lurdes estava a sair de casa, com as malas, o Carlos

Alberto chamou-a.

Estava sombrio, taciturno...

 

- Acabo de receber um telefonema - disse - Era o Mendes.

 

- O que ele queria?

 

- Fez mil rodeios, mas acabou por me contar. Disse que, como meu amigo, tinha que me contar.

 

- O quê?

 

- Que tu foste vista a sair do motel Discretu's ontem, com um homem, e que de certeza não foi coisa boa.

 

- O homem eras tu!

 

- Eu sei, mas eu não fui identificado.

 

- Mas não lhe disseste que eras tu?

 

- O quê? Para os meus amigos ficarem a pensar que vou a um motel com a minha

 própria mulher? Deus me livre de tal coisa!!

 

- E então?

 

- Desculpa, Lurdes, eu não queria, mas...

 

- Mas o quê???

 

- Vou ter que te dar uma carga de porrada...